Arquivo da tag: missão

NO COMPASSO DA MISSÃO

No meio evangélico quando se fala de missões, geralmente o conceito vem carregado de tradições que nada tem a ver com a Bíblia e com a missiologia de Jesus.

Na maior parte das vezes muitos entendem que “missões” é só para algumas pessoas que receberam um chamado especial de Deus. Entendem também que fazer missões é ir para um lugar diferente de onde se está para pregar o evangelho. Acham que necessariamente tem que falar (verbalmente) de Jesus para as pessoas.

Estudando os textos bíblicos e lendo alguns bons livros sobre o assunto percebo que o conceito de missão é muito mais amplo do que se tem pregado.

Primeiramente entendo que todo Cristão é um missionário, pois quem é salvo por Cristo tem a missão de dar prosseguimento ao que Jesus iniciou. Não existe na Bíblia nenhum dom de missionário, apesar de sermos diferentes nos dons que recebemos do Espírito Santo de Deus, estes dons e talentos servem para a nossa missão de Deus no mundo.

Em segundo lugar compreendi que missão se vive onde se está. Não precisamos ir para um lugar diferente de onde vivemos para pregar o evangelho. Nosso campo missionário é sempre onde estivermos. Para onde Deus nos enviar devemos estar em missão. Seja do outro lado do mundo, seja do outro lada da rua.

E por último, percebo que a missão que temos como discípulos não é necessariamente falar de Jesus mas principalmente viver os valores e princípios do evangelho. Podemos sim falar do que Deus tem feito em nossa vidas mas não como uma verborragia mas com a sensibilidade do Espírito de saber quando devemos falar e quando devemos nos calar. Mas viver para ser parecido com Jesus não é uma opção mas nossa missão.

Estas ideias que muitos tem sobre missões prejudica muito o conceito bíblico de missão. E provavelmente por causa destas definições equivocadas e errôneas sobre o tema, muitos não se envolvem e se sentem desmotivados na missão. Portanto entre no compasso da Missão.

Mateus Feliciano on sabyoutubeMateus Feliciano on sabtwitterMateus Feliciano on sabmyspaceMateus Feliciano on sablinkedinMateus Feliciano on sabinstagramMateus Feliciano on sabgoogleMateus Feliciano on sabfacebookMateus Feliciano on sabemail
Mateus Feliciano
Seguidor de Jesus Cristo desde 1991; marido da Carol Lourenço desde 2010 e pai da Clara desde 2016; nascido em Santo André-SP desde 1982 e morando em Campinas desde 2003. Formado em administração, teologia e pós graduado em exposição bíblica. Coordenador da Seara Urbana ONG de recuperação de moradores de rua desde 2006; Pastor na IBBG, da REDE (IBBG Jovem) e do HELP (Ação Social); Professor na Faculdade Teológica Betesda nas áreas de teologia, missiologia e eclesiologia; Professor de missões urbanas e discipulado na JOCUM; Membro da FTL-Fraternidade Teológica Latino Americana.

A MISSÃO DO CRISTÃO É A MISÃO DO CRISTO

 

Jesus veio para salvar a humanidade da condenação do inferno através da sua morte e ressurreição e deixou uma missão que está expressa em Mateus 28, que é: “Indo e fazer discípulos…” Esta missão Ele deixou para todos aqueles que nele acreditassem e seguissem o exemplo de suas obras.

Os fariseus tinham muitos defeitos e entre alguns deles, estava o de fazer as obras sem ter o coração nelas, apenas fazendo por ser lei. E creio que Deus, desde o antigo testamento quer que seus servos o sirvam não por obrigação, mas por amor e de todo coração.

A missão que Jesus deixou aos seus seguidores deve ser feita da mesma forma, com paixão por ela. Não se deve encarar a obra missionária como uma ordem a ser cumprida, mas como um
exemplo a ser seguido
. Jesus deixou suficientes exemplos de como amar o próximo, viver em santidade, meditar nas Escrituras e orar ao Pai, para que naturalmente, a evangelização e a missão sejam um fruto espontâneo de um coração que ama a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

Alguns Cristãos entendem que fazer missões e evangelismo está mais relacionado a uma obra, um serviço, uma ação isolada em momentos pré-determinados, em locais pré-estabelecidos.
Pode ser feito também desta forma, mas não é somente isto. A obra missionária é uma missão que deve ser vivida no cotidiano do Cristão. Evangelização é o exemplo de Cristo em como amar as pessoas em todas as situações em que se vive em relacionamento com as pessoas.

Missão é querer viver toda a sua vida para continuar o que Cristo fazia quando estava conosco, sem abdicar dos dons que Deus dá a cada filho seu. Deus dá para cada Cristão um dom (ou mais) para ser posto a serviço do reino de Deus. O dom é desenvolvido e aperfeiçoado através de toda uma vida em comunhão, intimidade
e direção de Deus. O dom é dado por Deus através do Espírito Santo para que se tenha a capacitação de poder desenvolver o que um ser humano com suas limitações e pecado jamais poderia fazer com suas próprias forças e conhecimento.

A obra missionária e evangelização deve se despir de alguns interesses que prejudicam o compartilhar da vida de Cristo para aqueles que não o tem em suas vidas. Primeiramente, o interesse não deve ser somente que a pessoa faça a decisão por Cristo e o mensageiro se satisfaça com isso. É necessário um acompanhamento e discipulado daquele que entendeu e quer ter uma vida com Jesus. Deve-se seguir as orientações que Jesus deixou na grande comissão: fazer discípulos, pois desta forma fica completo o ato de discipular que não é somente anunciar, mas acompanhar. Cada Cristão tem uma função diferente no corpo e nesta tarefa cabe a cada um descobrir o seu papel.

Jesus deixou o exemplo também de que se deve ter o interesse por toda a vida de uma pessoa e não somente pela alma do próximo. Na história onde Jesus cura 10 leprosos, há uma lição a se aprender. Jesus já sabia que somente um dos leprosos iria reconhecer o Cristo, mas Ele cura todos os 10 sabendo que a maioria não iria querer o principal, que era a salvação. O interesse do Cristão pelo próximo deve refletir este grande exemplo de Jesus. Tem que se estar
sensível e atento às necessidades das pessoas independentes se elas estão interessadas no evangelho ou não. Mesmo porque o ser humano não tem o poder da conversão que é somente de Deus. A missão do Cristão é viver Cristo para que as pessoas possam querer ter a mesma vida do Cristão.

Mateus Feliciano on sabyoutubeMateus Feliciano on sabtwitterMateus Feliciano on sabmyspaceMateus Feliciano on sablinkedinMateus Feliciano on sabinstagramMateus Feliciano on sabgoogleMateus Feliciano on sabfacebookMateus Feliciano on sabemail
Mateus Feliciano
Seguidor de Jesus Cristo desde 1991; marido da Carol Lourenço desde 2010 e pai da Clara desde 2016; nascido em Santo André-SP desde 1982 e morando em Campinas desde 2003. Formado em administração, teologia e pós graduado em exposição bíblica. Coordenador da Seara Urbana ONG de recuperação de moradores de rua desde 2006; Pastor na IBBG, da REDE (IBBG Jovem) e do HELP (Ação Social); Professor na Faculdade Teológica Betesda nas áreas de teologia, missiologia e eclesiologia; Professor de missões urbanas e discipulado na JOCUM; Membro da FTL-Fraternidade Teológica Latino Americana.